Último dia da SECOM debate marcas atreladas ao Rio

Por meio de cases, palestrantes abordaram a comunicação no consumo carioca

Mesa sobre registros no consumo encerra palestra do turno da manhã. Foto: Chico Souza

Mesa sobre registros no consumo encerra palestras do turno da manhã. Foto: Chico Souza

No terceiro dia da Semana de Comunicação, a palestra da manhã teve como temática “As marcas que são a cara do Rio: Registros no consumo”. A mesa, mediada pelo professor da Universidade Veiga de Almeida (UVA), Marcio Ferreira, teve o intuito de fomentar o debate sobre as ações de marketing por empresas que buscam conquistar o consumidor carioca, atrelando a identidade das marcas com a cidade do Rio de Janeiro.

Iniciando o debate, o professor Marcio Ferreira citou alguns cases para introduzir o tema. Com o Rock in Rio sendo o principal exemplo, ele enumerou diversos casos de sucesso que atrelam a marca do Rio de Janeiro com produtos tradicionais na cidade, como a bebida Mate-Leão e o biscoito Globo.

Primeira palestrante da mesa a discursar, Norma da Matta, consultora de mídias sociais, fez um breve resumo sobre o conceito de rede social e as formas dela produzir conteúdo. Além disso, ela comentou sobre o público que mais utiliza as mídias sociais: o feminino. Após este discurso, diversos dados foram apresentados aos alunos por meio de gráficos e tabelas. Segundo o slide apresentado por Norma, mais de 50% dos celulares são smartphones.

A consultora também frisou que esse meio de comunicação está relacionado à emoção das pessoas. “Rede social não é tecnolocia, é relacionamento”, diz Norma. Para ser um profissional nessa área, o estudante deve saber um pouco de psicologia, pois o público da internet está em constante interação com pessoas e sentimentos.

Para exemplificar a marca do Rio em produtos e serviços, Norma da Matta trouxe diversos cases para a palestra. Primeiramente, a loja Farm foi citada como um exemplo de harmonia no espaço físico e no meio virtual. O canal de vídeos Porta dos Fundos também foi lembrado devido à parceira realizada com a rede de alimentos Spolleto.

Isabel Aquino trouxe o Rio Sul como marca atrelada à cidade. Foto: Daiene Beatriz

Isabel Aquino trouxe o Rio Sul como marca atrelada à cidade. Foto: Daiene Beatriz

Em continuação do tema proposto pela SECOM, a gerente de planejamento da Heads Propaganda, Isabel Aquino, destacou a autoestima vivida pela cidade nesses últimos anos. Com o Rio Sul sendo o principal cliente, a palestrante citou o shopping como um centro geográgico dos principais ícones do Rio de Janeiro.

Reconhecido por ser um marco na cidade, o Rio Sul apresenta a logo atrelada a esse rótulo: O Shopping Carioca. Para reforçar essa ideia, a empresa produziu um vídeo, exibido na palestra, que exaltava o carioca e as belezas naturais do Rio de Janeiro. Em uma pesquisa realizada pela Heads Propaganda, o local foi resumido pelos consumidores como “A cara do Rio”.

Encerrando a última palestra da manhã, a publicitária Fernanda Motta trouxe o exemplo da loja de moda feminina Farm, em que atua como Coordenadora de Marketing. A marca foi responsável por diversas ações de relaciomento associado ao Rio de Janeiro. Além disso, a palestrante reforçou a interação do real com o virtual promovida pelas mídias sociais.

Um dos cases de sucesso da marca foi a Casa de Verão da Farm. No local foi oferecido gratuitamente conteúdo e lazer para os visitantes. Escolinha de Surf, workshop de lomografia, oficina com DJ e cinema musical foram alguns dos serviços usufruídos pelos participantes. Além de cursos com diversos enfoques, como processos criativos, branding, produção de conteúdo, design thinking, entre outros.

Por Assessoria de Imprensa – 9ª SECOM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*